Logo AmbCom

Orçamentos:

(32) 3235-8064

contatos@ambientecomunicacao.com

Localização

Av Sete de Setembro, 53-A - Costa Carvalho - Juiz de Fora

E-Mail

contatos@ambientecomunicacao.com

Telefone

(32) 3235-8064

Facebook
  1. Início
  2. Notícias
  3. 5 dicas para começar a fazer publicidade no Instagram

5 dicas para começar a fazer publicidade no Instagram

O Instagram é uma das maiores e mais ativas plataformas sociais do mundo, com 400 milhões de usuários mensalmente ativos, 40 bilhões de fotos compartilhadas até hoje, 80 milhões de fotos publicadas por dia e 3,5 bilhões de curtidas diárias nas imagens. Portanto, não é nenhuma surpresa que os profissionais de marketing estejam tão animados com a grande novidade do aplicativo de compartilhamento de fotos em relação à publicidade.

Embora a publicidade no Instagram seja relativamente nova, já existe uma grande variedade de formatos disponíveis. Esses são os quatro principais tipos de anúncios que as marcas podem criar – e o que é possível fazer com cada um deles: 

Anúncios com uma única foto

Os anúncios de foto são o que a maioria de nós está acostumada a ver nos feeds do Instagram: uma imagem simples com um pequeno ícone “Patrocinado” no canto superior direito. Os CTAs disponíveis incluem: Reservar agora, Baixar agora, Saber mais, Comprar agora e Inscrever-se.

Esses anúncios também podem ser usados para promover downloads de aplicativos móveis e aí a possibilidade de CTAs aumenta: Instalar agora, Usar app, Reservar agora, Baixar, Saber mais, Ouvir agora, Jogar, Comprar agora, Inscrever-se, Assistir vídeo e Ver mais.

Anúncios em carrossel
Os anúncios em carrossel permitem que as marcas incluam várias imagens dentro de um único anúncio em um formato de rolagem horizontal. Recentemente, o Instagram explicou que os anúncios em carrossel foram criados devido a uma necessidade dos anunciantes que gostariam de realizar storytelling usando imagens sequenciadas, obtendo assim resultados mais significativos para as marcas.

Assim como os anúncios de foto, os anúncios em carrossel podem incluir CTAs que abrem uma janela de navegador dentro do Instagram. As marcas podem usar o CTA para vincular a uma página de produto, um vídeo, um formulário de geração de leads e muito mais. Diferentemente dos anúncios de foto, os anúncios em carrossel não podem ser usados para promover downloads de app móvel.

Anúncios de vídeo
Os anúncios de vídeo proporcionaram alguns dos melhores retornos em termos de engajamento nas plataformas sociais, sem falar que este recurso é uma maneira poderosa de acessar o público do Instagram. Os usuários precisam ativar o som nos anúncios de vídeo do Instagram para ouví-lo, então é primordial contar uma história com conteúdo visual atraente que não dependa do áudio. Os anúncios de vídeo também oferecem um CTA com opções para aumentar os cliques no site ou as instalações do app móvel.

Aqui estão algumas dicas do Instagram sobre como se conectar com sua comunidade da melhor maneira possível por meio dos vídeos. Isto serve para mídia paga e conteúdo orgânico também:

1. Anúncios em Marquee
Os anúncios em Marquee são a adição mais recente ao conjunto de formatos de anúncio do Instagram. Marquee é uma campanha de um dia que oferece impressões e veiculação garantidas no topo do feed do Instagram. Com o formato Marquee, as marcas podem mostrar um anúncio com vários criativos para o mesmo usuário até 3 vezes por dia.

2. Crie um conteúdo visual incrível
Essa dica pode parecer um pouco óbvia, mas deve ser incluída em qualquer post sobre melhores práticas do Instagram: certifique-se de usar apenas imagens e vídeos incríveis em sua campanha.

Diferentemente dos anúncios em outros canais sociais, onde a cópia e/ou texto do CTA são o ponto focal, a publicidade no Instagram se resume a visuais inspiradores. Ou seja, você deve evitar reformatar anúncios criados para outras plataformas para atender às especificações do Instagram. Seus anúncios precisam ser desenvolvidos com os recursos exclusivos do canal móvel em mente.

Isso não requer necessariamente gastar uma fortuna com fotografias e vídeos profissionais, mas as marcas devem dedicar um tempo para criar imagens bem compostas e atraentes, além de vídeos divertidos que imediatamente se destaquem no feed de sua audiência no Instagram.

3. Faça seus anúncios parecerem nativos
Se um usuário estiver navegando no seu feed do Instagram e ver um post que parece um anúncio, muito provavelmente ele vai passar direto. As campanhas de anúncio mais bem sucedidas não se parecem com um anúncio de jeito nenhum, elas se misturam com posts orgânicos, oferecendo a mesma experiência que um usuário teria com um conteúdo padrão. Em outras palavras, elas são nativas. Ou seja, ao invés de interromper o feed do Instagram de um usuário com um conteúdo que pareça vendedor ou spam, os anúncios devem atender perfeitamente à experiência geral do Instagram.

4. Use a segmentação do Facebook para seus anúncios do Instagram
Um dos benefícios do Facebook ser dono do Instagram é que as marcas podem reutilizar a segmentação de anúncio pré-criada no Facebook para suas campanhas do Instagram. Isso significa que os interesses, as categorias e os comportamentos do Facebook, as conexões, o WiFi e as janelas de atribuição podem ser aplicados às campanhas de anúncio do Instagram, garantindo que as marcas acessem a audiência certa em ambas as plataformas. Além disso, as campanhas podem ser implementadas nas duas plataformas ao mesmo tempo, dando às marcas a oportunidade de promover e otimizar duas das maiores e mais ativas plataformas sociais de uma só vez.

5. Use o monitoramento para escolher qual conteúdo impulsionar
Monitoramento não é apenas útil para melhorar o engajamento da audiência ou informar conteúdo orgânico, ele também pode ajudar a otimizar campanhas de anúncio. As marcas podem usar sua plataforma de gestão de mídia social para monitorar seu público-alvo, entender sobre o que estão falando na internet e tomar decisões acertadas sobre qual tipo de conteúdo colocar em seus anúncios no Instagram.

Vamos tomar como exemplo uma rede de televisão que deseja impulsionar um de seus programas no Instagram. Ela pode monitorar as conversas no social entre os Millennials de 18 a 25 anos para descobrir quem é seu personagem favorito e depois criar anúncios apresentando este mesmo personagem.

O monitoramento de social também pode ajudar as marcas a descobrirem quais palavras-chave veicular em seus anúncios, se devem usar imagens estáticas ou vídeos e quais hashtags vão gerar o maior número de visualizações.